27/10/2015

Facto #34

Admiro a coragem de conhecidos meus (na sua maioria, antigos colegas de turma) em "atirarem-se" para o estrangeiro, seja para estudar, para fazer um estágio ou mesmo para trabalhar. Às vezes, gostava de ser corajosa como eles.

11 comentários:

  1. A coragem é sempre de aplaudir.
    Pena que estas decisões nem sempre são por coragem ou vontade de aventura mas sim porque não há alternativas...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os casos em que pensei quando escrevi este post não foram devido à falta de alternativas...e é isso que admiro, no fundo :)

      Eliminar
  2. Falando por experiência própria, a ideia é mais assustadora até chegares lá :) E são sempre experiências que nos enriquecem de alguma forma :)

    ResponderEliminar
  3. Me too... Eu tenho coragem para algumas coisas, mas isso era algo que não faria!

    ResponderEliminar
  4. Acho que tudo depende um pouco: depende de quem deixas cá ficar (se deixas), para que pais vais, se vais acompanhada ou não, se tens uma boa perspectiva de emprego/estágio com tudo mais ou menos programado, ou se vais completamente à nora, à procura de alguma coisa porque aqui não tens coisa nenhuma.
    Pessoalmente, acho que só iria se tivesse um plano mais ou menos certo e delineado. As surpresas, nestes casos, tendem a ser desagradáveis. E claro, não quereria ir sozinha, só mesmo se tivesse de ser.
    Claro que há uns que têm sempre mais coragem que outros, ou até nem seja coragem: pode ser capacidade económica ou mesmo não ter qualquer coisa que os prenda cá. Mas que é admirável, de certa forma, até é =)

    R: Aproveito os fins-de-semana e algumas pausas inesperadas para me adiantar na leitura, mas sem pressas. Sim, gostei bastante dessa parte, e foi onde parei da última vez que li. Quero muito saber o que vem a seguir ^^

    *****

    ResponderEliminar
  5. Eu também não era capaz de ir muito longe, mas pronto isto sou eu! Acho que não é uma desvantagem não ir à aventura aliás estamos a acreditar que algo pode ser feito aqui em Portugal...
    -Alexandra

    BlogBloglovin'Google+TumblrTwitterWe Heart It

    ResponderEliminar
  6. Agora até suspirei. Ando a pensar tanto nisso ultimamente, eu sei que quero ir lá para fora (aliás, preciso!) mas falta-me qualquer coisinha que nem sei bem o que é para dar o pontapé de saída!

    ResponderEliminar
  7. Sou igual. Sozinha não era capaz de ir.

    ResponderEliminar