22/04/2013

Fugir


A primeira semana de Maio é a semana da queima das fitas, o que, para mim, só significa uma coisa...fugir daqui para fora.
A sério, há duas boas razões para isso. Primeiro, não tenho aulas, pelo que não serviria de nada ficar aqui. Segundo, não gosto de sair à noite, sobretudo com pessoas que o fazem com o único propósito de se encharcar em álcool como se não houvesse amanhã - assunto a ser tratado mais pormenorizadamente noutro post. Para além de não ter que levar com os meus colegas a dizer, durante toda a semana antes dessa, Vamos à queima? Vamos à queima? Vamos, vamos?, aos quais tenho que dizer muitos nãos até perceberem que é mesmo essa a minha decisão.
Agora com as greves que os pilotos e afins estão a pensar fazer, ainda não sei ao certo em que dia me vou embora. De qualquer maneira, é-me um bocado indiferente, pois não estou naquela fase de estar inquieta para ir para casa. Pois é, continuo sem saudades, vai-se lá perceber porquê. 

4 comentários:

  1. bem, eu cá ía às festas para me divertir...nunca me encharcava em álcool :S queres companhia? :)

    ResponderEliminar
  2. Eu se estivesse a estudar longe de casa fazia o mesmo. E as semanas acadêmicas para a maioria das pessoas significa ficar bebedo

    ResponderEliminar