08/10/2012

Pérolas

Estava eu no nono ano quando comecei a ouvir música de jeito.
Ok, a música que, para mim, é de jeito, pode não o ser para vocês e vice-versa. Whatever.
Foi no nono ano que ouvi bem as guitarras eléctricas, as letras com sentido, o poder dos instrumentos, boas vozes. Conheci o rock. Antes era só foleirice (shame, shame!). As minhas amigas, na altura, viam sempre a MTV, estavam sempre por dentro das novidades do pequeno mundo musical que aquele canal transmitia. Ou seja, eu só ficava a conhecer as músicas e os cantores ou grupos actuais através delas. Não ligava nenhuma a música. Ouvia o que elas ouviam só porque sim, ou porque a musiquinha ficava no ouvido ou simplesmente porque tinha que encher o mp3 que me tinham oferecido. Era só isso. Não era nada de especial, nada de imprescindível. Provavelmente porque ainda não tinha encontrado as canções e as bandas certas e um género que se adequasse a mim. Felizmente, isso mudou quando me fartei das musiquinhas da MTV que as minhas amigas ouviam e que as revistas de adolescentes falavam e comecei a procurar músicas por mim mesma.
Hoje não mantenho o mesmo mp3 que tinha no nono ano, que posteriormente preenchi com as bandas que mais ouvia na altura. Eram os Paramore, os Evanescence, os My Chemical Romance, entre outras. No entanto, o mp3 que tenho agora ainda conserva algumas dessas músicas que ouvi pela primeira vez no meu nono ano, músicas que foram caindo no esquecimento pelo facto de surgirem sempre tantas novidades em termos de álbuns e de bandas. É por isso que, quando elas de repente começam a tocar lá no mp3, não consigo deixar de escapar um pensamento do tipo Wow, há tanto tempo!, e lá me lembro daqueles tempos, em que tudo era simples, e do quanto adorava aquilo na altura. Até se tornou mais fácil fartar-me de músicas mais recentes do que daquelas. Aquelas vão me ser sempre queridas, vão ser sempre as pérolas do meu mp3.
Aqui vai uma pequena amostra ;)




8 comentários:

  1. Eu geralmente gosto de todo o tipo de música (apesar de não ouvir muito rock, não faz muito o meu estilo). Gosto bastante de Within Temptation! E é verdade, quando toca uma música que já não ouvia à bué é muito agradável (faz-me pensar)! :)
    -Alexandra

    ResponderEliminar
  2. Tu agora fizeste-me relembrar parte da minha adolescência! Quando tinha cerca de 15 anos ouvia essas bandas que tu citaste (excepto paramore). Hoje em dia já não as ouço, mas sabe tão bem recordar :)

    ResponderEliminar
  3. não percebo a mania das pessoas de fazerem "escolhas musicais", para muitas parece que ouvir um certo estilo musical implica deixar de ouvir outros... eu ouço um bocadinho de tudo, volta e meia lá me lembro de que não ouço x artista há x tempo e vou ouvir outra vez mas não costumo deixar amontar muita coisa no mp3, pelo menos uma vez por semana actualizo aquilo.

    ResponderEliminar
  4. Logan, eu não fiz escolha nenhuma, simplesmente acontece gostar de certas coisas e não gostar de outras. Não disse de um dia para o outro "ah agora vou escolher ouvir pop/rock/clássica/etc". Eu não ouço um bocadinho de tudo porque há estilos que não consigo apreciar, e não porque ouço outros que não têm nada a ver.
    E raramente actualizo o meu mp3 pela simples razão de que, quando o ligo ao computador, ele recarrega a bateria, e não quero que ele fique com a bateria viciada.

    ResponderEliminar
  5. Ainda bem que concordam com a minha definição :)
    A música é relativa mas mágicamente universal, e se a mensagem que eles passam te chega, nem que seja só a melodia, então a música é de jeito :D
    Beijinho, Stay Awesome*

    ResponderEliminar
  6. R.: nós ainda tivemos sem contar a ninguém 1 mês...mas depois já não aguentamos xD hihi

    ResponderEliminar
  7. Temos gostos musicais bastante semelhantes... Eu lembro-me de ser pequenina ainda e ouvir Britney Spears, tinha para aí 5 anos e adorava imita-la. Com o tempo mudei radicalmente o meu gosto, o que eu oiço mais provavelmente será rock. Adoro os Queen, Aerosmith, Guns and Roses, Pearl Jam, etc. Oiço desde um cantor quase desconhecido a música clássica, gosto de ouvir tudo. E concordo com a frase acima, detesto quando alguém diz-me "ninguém ouve isso!". Irrita-me tanto!

    ResponderEliminar