15/09/2014

Desafio #14

A Emma lembrou-se de mim e nomeou-me para este desafio. Obrigada!

Regras:
1. Responder às 5 perguntas que nos colocaram
2. Nomear 5 blogues para responderem às nossas perguntas
3. Elaborar 5 novas perguntas, apenas relacionadas com o blogue

Quantos blog's já tiveste?
Contando com este, dois. Mas o anterior não era nada, mas nada de jeito. Ninguém que me segue actualmente conhece o dito cujo...tinha só catorze anos.

Como escolheste o título do teu blog?
No primeiro curso em que entrei, senti-me muito desintegrada por não gostar de fazer o que praticamente toda a gente gostava, por preferir estar no meu canto, por ter outros interesses... Comecei a considerar-me um bocadinho esquisita, invulgar. Como se tivesse nascido num tempo errado ou estivesse no meio das pessoas erradas...daí ter surgido o unusual girl. Antes disso está o My life as, porque, enfim, é disso que quero falar, sobre mim e o meu dia-a-dia.

Qual o género de post ou sobre que assuntos gostas mais de escrever?
Gosto de escrever acerca de mim própria, gosto de partilhar boas memórias, gosto de falar sobre sonhos meus. Também gosto de falar sobre música, sobre livros ou sobre qualquer outra forma de arte que me tenha deixado nas nuvens. E gosto, especialmente, dos posts longos - sim, aquilo que muitos de vós não têm paciência para ler. Divirto-me a escrevê-los, de qualquer forma.

O que te faria desistir do blog?
Desistiria do blog caso este fosse à vida por qualquer motivo. Ou melhor, caso o Blogger deixasse de existir. Não sei, acho que não teria paciência para começar do zero.

O que trouxe o blog de bom para a tua vida?
O blog fez com que deixasse de me importar - ou com que me importasse menos, acho que é esta a verdade - com o que os outros possam pensar acerca de mim, dos meus interesses e das minhas opiniões. Aqui sou totalmente verdadeira, e adoro isso. É óptimo poder vir cá desabafar - especialmente depois de um dia mau -, deitar cá para fora aquilo que guardo sempre para mim ou que tenho receio de dizer no "mundo real". E o melhor é que existe sempre alguém que pensa da mesma forma ou que dá algum tipo de apoio. Isto também foi algo bom: o facto de conhecer alguns esquisitos como eu, que me fazem pensar que não estou sozinha em relação a determinado aspecto.

Como acho que já toda a gente fez este desafio, embora com outras perguntas, não vou nomear ninguém.

3 comentários:

  1. Gostei das tuas respostas, linda :) sobretudo da última!

    ResponderEliminar
  2. Gostei especialmente da última resposta :D

    ResponderEliminar