11/09/2015

Onze de Setembro: o dia D

A data de hoje remete, imediatamente, para o acontecimento trágico de há catorze anos atrás. No entanto, para mim, o onze de Setembro sempre teve mais um significado: o aniversário de casamento dos meus avós. Por isso, quando marcaram a minha defesa para o onze de Setembro, não pensei no facto de ser uma data que marca um terrível acontecimento. Pensei, pelo contrário, que tinha tudo para correr bem. Mesmo que a minha avó já não esteja entre nós, por vezes continuo a referir-me a ela no presente, e disse mesmo que o onze de Setembro é o dia em que fazem anos de casados, e não era. Para além disso, uma vez que Setembro é o nono mês do ano, a soma de onze com nove é vinte - vinte valores. Por isso, sim, achei que tinham escolhido uma boa data.
Não terminei com vinte valores, até porque isto seria pedir muito, mas sim com dois valores a menos. De hoje em diante, esta data passará, ainda, a ter um terceiro significado: o dia em que me licenciei em Ciências da Nutrição pela mui nobre Universidade do Porto, com dezoito valores. Parece que foi ontem que entrei naquela faculdade pela primeira vez, e é tão estranho constatar como estes quatro anos passaram tão rápido.
Sempre pensei que, quando este dia chegasse, iria telefonar à minha avó logo depois de saber a nota, com a certeza de que ela faria uma festa ainda maior do que aquela que fazia habitualmente quando sabia alguma nota de um exame meu. Feliz ou infelizmente - neste caso é um claro infelizmente -, o futuro nunca é como esperamos.
Ainda há pouco tempo, a minha mãe reparou numa pulseira vermelha que eu estava a usar, e disse-me que a minha avó costumava dizer que devíamos, todos os dias, usar qualquer coisa vermelha. Não me soube dizer o porquê; talvez nem a minha avó lho tivesse dito. Mas lembrei-me disso e usei essa mesma pulseira hoje durante a defesa. Não sei bem se acredito em amuletos da sorte, mas que deu sorte, deu. E tenho a certeza de que a minha avó passou toda a minha defesa a olhar por mim.
Não, não me esqueci de falar da viagem a Amesterdão! Farei isso quando puder.

9 comentários:

  1. Muitos parabéns pela tua conquista. Tenho a certeza que ela ficou muito orgulhosa de ti! :)

    ResponderEliminar
  2. Muitos parabéns!! Estou muito feliz por ti :D
    E de certeza que a tua avó fez a festa onde quer que esteja e tal como a ballerina disse deve estar muito orgulhosa :D

    ResponderEliminar
  3. Muitos parabéns :) e fiquei curiosa com o facto de usarmos todos os dias uma coisa vermelha!

    ResponderEliminar
  4. Muito bem, rapariga! De certeza que a tua avó, esteja onde estiver, está muito orgulhosa - assim como todas as pessoas que te são próximas! Parabéns! :D
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  5. Que bom! Muitos parabéns querida :D

    ResponderEliminar
  6. E que excelente nota! Muitos parabéns :D

    ResponderEliminar
  7. Muitos parabéns =) Eu não disse que ia correr bem?! ^^
    E também tenho a certeza que a tua avó esteve contigo o tempo todo. Há coisas que não se vêem, não se explicam... apenas se sentem =)
    ***

    ResponderEliminar
  8. Muitos parabéns, Queen! (desculpa o atraso)

    ResponderEliminar