28/02/2015

Sobre o meu mês de Fevereiro

A perda da minha avó, uma das pessoas que mais adorava na família, deixou-me devastada. Tive que voltar a casa. Foram dias negros, pesados e de muitas lágrimas, em que as horas passaram mais devagar do que nunca. Mas a vida teve que continuar.
Mesmo depois de o choque passar e de as coisas acalmarem, continuei a deixar o blog em suspenso. Andei cheia de coisas para fazer, para além de que, sinceramente, nem sequer senti vontade de cá vir. Até nestes últimos dias nem tenho tido grande vontade para cá vir. Tenho optado por gastar o meu tempo noutras coisas para além de ler blogs, e, nos últimos dias, senti isto um pouco morto e foram raros os posts em que me apeteceu deixar um comentário. Há alturas em que isto consegue cansar-me. Acho que não virei cá com tanta frequência tão cedo, até porque vou ter outras coisas para fazer e outras nas quais prefiro focar-me.
De qualquer maneira, e continuando o meu relato... Tive que regressar ao Porto para encaixotar toda a minha tralha e devolver a chave do apartamento. A minha mãe foi comigo, o que foi uma grande ajuda. Arrumámos tudo num instante e ainda tivemos tempo de dar uma volta no centro comercial. Mas foi só. Dois dias depois, teve que se ir embora para não continuar a faltar ao trabalho, e eu também tive que me ir embora, uma vez que já estava tudo arrumado. Tive pena de não ter conseguido despedir-me do Porto como devia ser: dar uma volta pela baixa, ir a mais um ou outro sítio, comer um lanchinho gostoso no Moustache... Espero voltar lá um dia. Já soube que não tenho necessariamente que ir ao Porto para entregar o trabalho final do curso e que o posso enviar por correio, mas, aqui entre nós, preferia que me tivessem dito que era obrigatório entregá-lo presencialmente...porque ao menos tinha uma desculpa para lá voltar. Mas talvez vá mesmo lá entregá-lo...quem sabe.
Tinha pensado passar uns dias em Lisboa antes de voltar de vez para casa, mas, com tudo o que aconteceu, fiquei um bocado reticente. Mas a minha mãe disse que era algo que me faria bem, pelo que acabei por ir.
Fiquei em casa da minha irmã, e depois em casa do meu namorado. Dias de descanso, finalmente, depois de tantos dias enfiada em casa a estudar. Soube que passei a todos os exames na época normal - e com as melhores notas de sempre - e escolhi o tema do trabalho final do curso. E é muito giro. Uma das coisas que mais me fascina na área da nutrição é a possibilidade de se reverter uma doença ou de proteger o organismo de uma doença através dos alimentos, sem necessidade de se recorrer a fármacos. Mas, mais do que saber que determinado alimento pode combater determinada doença, gosto de saber o porquê ou o como de isto acontecer. Isto é, o que é que determinado alimento tem e de que forma é que aqueles compostos interagem com o nosso corpo de forma a combater uma doença. A minha orientadora disse-me que o mais importante era que eu escrevesse sobre algo de que gostasse, pelo que estou mesmo contente com o meu tema (que, para já, não vou revelar). Perdi um dia de férias a pesquisar artigos para o trabalho, e, quanto mais pesquisava, para além de mais coisas encontrar, mais entusiasmada ficava com o assunto. Olhando para trás, ainda bem que perdi esse dia, pois, se ainda não tivesse feito a pesquisa por esta altura, estávamos mal.
As férias não foram nada de extraordinário, exceptuando os dias que eu e o namorado fomos passar a Coimbra. Foi muito bom mudar de ares, desanuviar e conhecer um lugar novo. Só tenho pena que não tivéssemos feito isto mais vezes.
Depois, foi altura de voltar a casa. Já comecei o estágio, e, até agora, até estou a gostar. Tenho alguns tempos mortos que são um bocado aborrecidos, mas aproveito-os para ler alguns artigos que encontrei para o trabalho final, para tentar adiantar alguma coisa. Mas o estágio em si está a correr bem; não sei porquê, tinha uma ideia diferente daquilo que iria fazer, pelo que está a superar as minhas expectativas (pelo menos por agora; esperemos que não piore). E como é bom não ter aulas nem coisas para estudar! O problema é que tenho chegado a casa sempre um bocado cansada e sem vontade de fazer nada, até porque chego a uma hora à qual a minha cabeça já não funciona (perto das cinco da tarde), pelo que trabalhar na tese depois de chegar a casa é algo no qual nem sequer penso. E eu que queria voltar a praticar natação...estou a ver que não vai ser desta, até porque os horários das piscinas no que toca a natação livre são péssimos.
E fico por aqui no que toca a actualizações. Acho que vou passar a levar este blog mais na desportiva, sem dar grande importância ao facto de receber ou não receber comentários e a passar a vir cá somente quando me apetecer - tal como fazia nos meus primeiros tempos como blogger. Não que isto fosse uma obrigação, mas costumava cá vir todos os dias, nem que fosse só para ler o que se andasse a passar. Agora, bem, isto ficará lá para segundo ou terceiro ou quarto plano.

6 comentários:

  1. Compreendo-te, tens outras coisas importantes a acontecer :)
    Espero que nos visites de vez em quando. Tem um bom mês :))*

    ResponderEliminar
  2. Apesar de não saber ao certo qual é o teu tema de tese, acho que a área em questão é bastante interessante!! Também sou da opinião que mais vale combater doenças de forma natural, como com a ingestão de determinados alimentos, do que com medicamentos. E sim, o truque passa por escolheres um tema que gostes, porque uma tese ainda dá um trabalho e pêras!
    Com calma e tempo, tudo se vai compor ^^ Boa sorte para o trabalho que se avizinha!! ****

    ResponderEliminar
  3. podes não vir cá muitas vezes mas quando vens é cada testamento eheh
    tens uma vida bem mais agitada do que a minha, passeias por todo o lado :o

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quanto menos venho cá, mais tenho para contar, eheh :P
      Nem por isso; até podia ter passeado mais x)

      Eliminar
  4. Já publiquei o desenho que mandaste mesmo agora. Se quiseres ver força ^^
    -Alexandra

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que fazes muito bem em participar novamente! ^^

      Eliminar