02/08/2014

Facto #19

Há bloggers cujas vidas parecem-me demasiado perfeitas ou demasiado dramáticas para serem reais. 
Às vezes pergunto-me se tudo o que escrevem será, ou não, verdade.

12 comentários:

  1. Isto podia ter sido escrito por mim, sem dúvida!

    ResponderEliminar
  2. Também já me questionei sobre o mesmo. /:

    ResponderEliminar
  3. É pena, mas é a verdade de muitos blogues :/

    ResponderEliminar
  4. Por acaso também já me ocorreu isso...
    R: ohh que querida :) espero que consigas publicar. Fiquei curiosa quanto à tua história!

    ResponderEliminar
  5. Acredito que haja pessoas assim na blogosfera, mas tento não me focar nisso. Faço uma selecção cuidadosa dos bloggers que acompanho e acho mesmo que neste momento não estou a seguir ninguém assim :)

    ResponderEliminar
  6. Sem dúvida, às vezes penso no mesmo... Parecem novelas.

    ResponderEliminar
  7. Eu nunca me questionei se será verdade ou não, acho que há pessoas que só valorizam o bom que lhes acontece na vida (tenho tendência para fazer isso com o meu blogue principal, num outro onde costumava partilhar poemas era onde mais desabafava, por assim dizer) e há outras que só usam o blogue para desabafar sobre tudo o que está mal... é tão deprimente às vezes, que dá-me vontade de parar de ir lá :/ e pior é eu tentar deixar um comentário com algum jeito, a dar força e a pessoa ainda me vir dizer que a vida dela é demasiado difícil e não há nada de bom... ora fuck... penso mesmo, "não digo mais nada, sofre para aí!!" xD

    ResponderEliminar
  8. e esqueci-me de dar resposta ao teu comentário no meu blogue, por isso aqui vai: eu prefiro ter poucos seguidores e sobretudo "comentadores", do que muitos e maus. :)

    ResponderEliminar
  9. R: Muito obrigada, vou fazer o melhor para não desiludir :P

    ResponderEliminar
  10. Podes crer!
    As dramáticas são as que me deixam mais na dúvida porque é às vezes é quase impossível haver tanto drama. Aquelas cabeças é que devem fazer muitos filmes ahah.
    Agora aquelas que parecem perfeitas não me fazem duvidar tanto. Não que eu ache que são perfeitas mas podem preferir contar apenas as coisas boas que lhes acontecem.

    ResponderEliminar