20/05/2013

Adolescentes vs Álcool


Hoje, numa aula, falou-se sobre a adolescência. Quando entrámos na parte do álcool, o professor comparou Portugal com outro país qualquer acerca do consumo do dito cujo, e disse qualquer coisa - da qual já não me lembro ao certo - que deu a entender que, em Portugal, quem é adolescente, bebe. Sim, generalizou completamente. Todos os meus colegas pareceram concordar com a afirmação, mas eu fiquei numa de WTF?. Caro professor, eu sobrevivi à adolescência sem ter tido necessidade de recorrer ao álcool. Tenho a certeza de que não fui a única ave rara a conseguir tal proeza... Se bem que proeza não me parece ser a palavra certa, já que a adolescência costuma ser considerada como a altura de se experimentar coisas novas. Mas eu nunca me interessei por essas coisas. Nunca saí à noite com o propósito de me embebedar - aliás, eu sabia lá o que era sair à noite; os tempos eram outros (lol, como se eu fosse muito velha), hoje em dia é que as miúdas de treze anos fazem a figura ridícula de andar com um copo de bebida na mão em plena noite -, nem nunca me apeteceu experimentar as bebidas que tinha guardadas em casa quando lá estivesse sozinha. Não tive curiosidade, e o mesmo se aplica ao tabaco, por exemplo. Sempre foram coisas que, sei lá, existiam por existir, não me captavam a mínima atenção. Enfim, que raio de adolescente que eu fui.

14 comentários:

  1. Essa tua ironia :p
    O importante é seres tu própria e o resto é treta. Com se costuma dizer, cada um sabe de si e leva com as consequências :)

    ResponderEliminar
  2. Identifico-me com isto. Não digo que de vez em quando não experimente uma coisa ou outra, mas é por curiosidade, não por querer mesmo beber ou embebedar-me.

    ResponderEliminar
  3. Olha, eu sou como tu. Adoro dançar e isso mas o álcool e o tabaco não me cativam e o meu namorado é igual!

    ResponderEliminar
  4. Olha somos duas! Sou tal e qual como tu. Nunca experimentei fumar fosse o que fosse, e as bebidas aqui em casa nunca foram provadas enquanto estivesse sozinha.

    ResponderEliminar
  5. Sou adolescente e numca me embebedei. Aliás odeio álcool!
    R: Sabes eu também não gosto de muito do que dou nas aulas. Por exemplo os Lusiada mataram me. Mas alguns escapam. Também não gosto de ler a.presão com.a.stora a gritar Serena interpreta!

    ResponderEliminar
  6. as fases da vida são sempre generalizadas, os adolescentes assim como qualquer outra pessoa não são todos iguais.

    ResponderEliminar
  7. Concordo e já falei sobre isto no meu blog!
    Hoje parece que somos controlados pelo que nos dizem e fazemos coisas sem noção alguma só para impressionar A ou B, é horrível!
    Bom post! *

    ResponderEliminar
  8. Eu experimentei tudo depois dos 18! :p Aliás, foi isso mesmo, experimentar! (: nunca mais repeti nada ! (:

    ResponderEliminar
  9. Olha já somos duas adolescentes assim... Mas nós é que tivemos cabeça! :)

    ResponderEliminar
  10. eu testou fora desse tipo de adolescentes que ele falou, sou uma excepção como tu

    ResponderEliminar